Publicidade

Ministro cearense do STJ se declara impedido de julgar Joesley e Wesley Batista

O ministro cearense do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Napoleão Nunes Maia, declarou-se impedido de julgar processo contra os irmãos Joesley e Wesley Batista. O magistrado foi citado em delação da JBS e, ontem (19), pediu a própria suspeição do caso, alegando não se sentir “distante e isento”.
Segundo o jornal O Globo, o executivo da JBS Francisco de Assis e Silva disse que Napoleão teria intercedido a favor da companhia, mas o ministro nega as acusações e qualquer tipo de interferência.


Ceará News 7
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe