Ceará tem o 3º maior número de indenizações pagas por invalidez após acidentes de trânsito

O Ceará é o terceiro estado do Brasil com o maior número de indenizações pagas pelo Seguro DPVAT a vítimas de acidentes de trânsito com invalidez permanente. O número - que é de 21.462 indenizações pagas - é do boletim estatístico do terceiro trimestre de 2017 e fica abaixo apenas de São Paulo, com 24.444; e Minas Gerais, com 23.543. Se comparado ao mesmo período de 2016, representa uma queda de 17,42%.
Entretanto, o número de indenizações pagas por morte no estado apresentou crescimento entre janeiro e setembro deste ano, estatística que ainda é preocupante.
No total, foram 1.780 indenizações pagas nessa categoria, número que estava na marca dos 1.278 no ano passado. Nesse caso, o que houve foi um aumento de 39,28% na comparação com o mesmo período do ano passado.


Pelo país
No terceiro semestre de 2017, as indenizações pagas por acidente de trânsito chegaram a 294.980 em todo o Brasil. Porém, mesmo com uma redução de 8% nos números gerais, os casos de morte no trânsito apresentaram um aumento: representaram 31.004 das indenizações computadas, número 29% maior que o de 2016.
De acordo com o boletim, a faixa etária mais atingida é a de pessoas com 25 a 34 anos. Mesmo assim, a quantidade de acidentes entre os jovens, grupo que fica entre 18 e 24 anos, é crescente e representa 22% do total dos acidentes registrados. 
Em relação a quem recebeu as indenizações, o boletim mostra que 59% foram motoristas, enquanto 86% destes estavam dirigindo uma motocicleta. Os pedestres representam 26% das indenizações e os passageiros 15%.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe