Funcionários de ONG em Caucaia morrem após inalarem gás tóxico

Três funcionários da Organização Não Governamental (ONG) Aquasis, que funciona nas dependências do Sesc de Iparana, em Caucaia, morreram na tarde desta quinta-feira (19) durante o serviço. Segundo informações preliminares, os profissionais faziam a manutenção da casa de filtros do órgão quando inalaram um gás orgânico tóxico.
As vítimas foram identificadas como Raimundo Martins da Silva Neto, de 33 anos, Guilherme da Silva Martins, 24 anos e Marcelo da Silva Andrade. Um deles teria desmaiado e outros dois tentaram prestar socorro ao colega de trabalho, mas também acabaram mortos.
“Neste momento, estamos dando toda a atenção e suporte às famílias das vítimas, bem como adotando todas as providências legais e necessárias para minimizar a dor desse momento de perda, assim como as autoridades competentes”, informou a ONG, em nota.
Também em publicação enviada à imprensa, o Sesc, que cedeu espaço para a ONG, disse que “lamenta e ao mesmo tempo deixa claro, que não tem nenhuma participação no acontecimento”.
A Aquasis atua na área ambiental, especialmente na proteção de animais em extinção.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe