Publicidade

Grupo é detido ao tentar fraudar prova do concurso para agente penitenciário

Um grupo de pessoas foi detido durante a realização da prova do concurso público para agente penitenciário, realizada na manhã deste domingo (1º). A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) confirmou o ocorrido, mas não disse quantas candidatos foram conduzidos para a delegacia.
Ainda de acordo com a Secretaria, a ação envolveu equipes da Coordenadoria de Inteligência da SSPDS, da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), de agentes penitenciários da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), da Coordenadoria de Inteligência da Sejus e do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Ceará (MPCE).
Em nota, a SSPDS informou que "a ocorrência foi encaminhada para a Draco e segue em andamento" e que mais detalhes serão repassados nesta segunda-feira (2).
Após a realização da prova objetiva, os candidatos aprovados passarão por outras cinco etapas: inspeção de saúde, avaliação de capacidade física, avaliação psicológica, investigação social e funcional e curso de formação profissional. Cerca de 77 mil pessoas se inscreveram para o concurso público e 61,6 mil fizeram a prova em um dos mais de 40 locais de prova.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe