Mamógrafo comprado superfaturado há 7 anos é encontrado ainda na caixa em Acaraú

Um aparelho de mamografia, comprado pelo valor de cerca de R$ 250 mil, foi encontrado abandonado, ainda na caixa, em um ponto de Apoio da Secretaria de Saúde do Município de Acaraú (a 233Km de Fortaleza). Esta é uma das irregularidades descobertas pela “Operação Outubro Rosa”, realizado pelo Ministério Público Estadual  e pelo Ministério Público de Contas (MPC), nesta sexta-feira (27) naquele Município.
Segundo as autoridades, o aparelho foi adquirido pela Prefeitura de Acaraú em 2010. No mesmo ano, o governo do Estado adquiriu um mamógrafo do mesmo modelo pelo valor de R$ 159,9 mil, o que levanta a suspeita de superfaturamento na aquisição do instrumento pela gestão daquele Município litorâneo.
De acordo com o procurador Gleydson Alexandre, do Ministério Público de Contas, o aparelho estava simplesmente abandonado num setor que serve de depósito da Secretaria Municipal de Saúde.  “O aparelho foi adquirido há mais de sete anos e permanece lacrado e na embalagem do fabricante, sem que a população local pudesse utilizá-lo para a realização de exames”, ressalta.
O dinheiro público para a compra do mamógrafo é oriundo de um convênio firmado entre a Secretaria Municipal de Saúde  e a Secretaria de Saúde do Estado do ceará (Sesa), quando o estado repassou R$ 200 mil e o restante do valor foi compartilhado pelo Município.

Responsabilidade
Com os indícios de superfaturamento, a investigação deverá ser aprofundada e os gestores da época responsabilizados criminalmente.
Agora, as autoridades avaliam a possibilidade de o aparelho ser utilizado em alguma unidade de Saúde para o atendimento à população.

Com informações do G1
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe