Monsenhor Ximenes, figura presente na memória dos quiterienses; Ouça especial

Há 23 anos atrás, no dia 04 de outubro de 1994, o município de Santa Quitéria chorava a perda de seu pároco, Monsenhor Luís Ximenes de Aragão Freire. O religioso faleceu na Casa Paroquial, logo após celebrar uma missa, na Igreja Matriz.
Apesar da sua partida do plano físico, a figura de Monsenhor Ximenes nunca se apagou da memória dos quiterienses, hidrolandenses e catundenses, que por 41 anos, conviveram e tinham nele, um exemplo de pureza e humildade.
Além do amor pelos seus paroquianos, outra paixão do padre era pelo apito do trem. Filho de maquinista, a passagem do trem em Camocim, sua cidade natal, é muito bem retratada em seus livros e dezenas de poemas.

Nesta quarta (04), o programa Redação Plus (Plus FM 106,5) apresentou um especial sobre Monsenhor Ximenes, entrevistando pessoas que conviveram com o religioso e puderam contar um pouco da figura marcante que muito representou para a região.

Entrevistas com Humberto Sales, Pe. Fábio Nascimento e Pe. Jacó Sidarta


Imagens de acervo de Humberto Sales
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe