Publicidade

Apresentado oficialmente no Fortaleza, Rogério Ceni manda recado: 'vim aqui para ganhar'

Anunciado pelo Fortaleza na semana passada, Rogério Ceni foi oficialmente apresentado nesta quarta-feira (15), na Arena Castelão, como novo treinador do Leão para o ano do centenário do clube. Em sua primeira entrevista como técnico do Tricolor, o ex-goleiro e ídolo do São Paulo afirmou que pretende conquistar novos títulos sob o comando da equipe leonina e que não veio ao futebol cearense só de passagem. "Vim aqui para ganhar. Sempre foi assim na minha carreira e no Fortaleza não será diferente", afirmou.
Ainda sobre os motivos que o fizeram aceitar a proposta do Fortaleza, após uma primeira experiência frustrante como técnico do São Paulo, Rogério afirmou que a seriedade do projeto que lhe foi apresentado e a possibilidade de conquistar novos títulos foram os principais pontos para sua tomada de decisão. O ex-goleiro também elogiou a torcida tricolor e a história do clube.
"Meu motivo de estar aqui é sentir o peso desta camisa e desta torcida enorme. É um clube que me propicia, já no primeiro semestre, ser campeão. Esse é o principal ponto que vim (para o Fortaleza), assim como a seriedade do projeto que me foi apresentado", destacou Ceni.
Maior ídolo da história do São Paulo, Rogério admitiu que é um 'pouco estranho' vestir outra camisa em sua carreira, mas brincou com as cores e o escudo do Leão. "Pode ser estranho por ter vivido 27 anos no São Paulo, mas confesso que é super bacana vestir essa camisa. O desenho do escudo até é parecido, já que só troca uma cor, o preto pelo azul. Estou me sentindo muito bem e espero ganhar a mesma simpatia do torcedor do Fortaleza", disse. 

Reformas no Pici
Questionado sobre supostas exigências que teria feito para assumir o Fortaleza em 2018, Rogério explicou que apenas deu algumas sugestões ao clube, como a construção de uma nova academia no Pici e uma reforma no gramado do Estádio Alcides Santos. Segundo ele, tudo que eventualmente poderá ser feito será dentro da realidade financeira do clube.
"Sobre as melhoria de infraestrutura é uma questão conjuta minha e da presidência. Com a minha influência e as condições financeiras do clube, pretendemos fazer uma nova sala de musculação, uma reforma no gramado (do Pici), talvez colocando uma grama sintética, para que o atleta tenha o prazer e o orgulho de treinar. Queremos que todos se sintam bem e motivados", comentou.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe