Publicidade

Arboviroses são confirmadas em 159 municípios do Ceará

Apesar das sucessivas campanhas educativas promovidas pelo poder público e das ações de vigilância e controle vetorial por parte da população cearense, a propagação das arboviroses - dengue, zika e chikungunya - revela um cenário epidêmico alarmante: 159 (86,4%) dos 184 municípios do Estado já confirmaram casos de pelo menos uma das doenças, conforme o último boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde (Sesa), divulgado em 10 de novembro.
A incidência acumulada de casos suspeitos das arboviroses é de 2.411,1 por 100 mil habitantes. Atualmente, oito municípios apresentam acima de 300 ocorrências notificadas por 100 mil habitantes, índice considerado como "alta incidência".
No entanto, segundo o boletim, a análise do cenário epidemiológico das três arboviroses, nas últimas cinco semanas, permite a observação de uma queda no registro de casos, associada, provavelmente, à sazonalidade das doenças (mais comuns no período chuvoso) e à redução do número de pessoas suscetíveis. Predominante se comparada às outras duas, a chikungunya já vitimou 136 pessoas no Estado, residentes em 17 municípios.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe