Ceará atinge 61% dos eleitores cadastrados na biometria

O vice-presidente e corregedor do TRE-CE, desembargador Haroldo Correia Oliveira Máximo, divulgou um balanço do ciclo biométrico de 2017. Foram apresentados os números da biometria em todo o estado em nível nacional desde 2014, com ênfase para o índice de 34,78% atingido em 2016, ano em que se superou a média nacional no recadastramento biométrico. A meta é cadastrar até maio de 2018 o percentual de 75% do eleitorado em todo o estado. Na capital, foi atingido o índice de 30%, totalizando 525.317 eleitores com biometria.
O Ceará já possui o total de 61% de eleitores cadastrados, buscando cumprir a meta diária de 8.550 atendimentos. Um comparativo de atendimentos no período de novembro de 2014 a outubro de 2015 e novembro de 2016 a outubro de 2017 revelou um aumento de 290% no cadastramento biométrico.
Na segunda-feira, 30/10, o estado realizou 20.623 atendimentos. O desembargador Haroldo Máximo destacou “a qualidade do servidor do Tribunal, bem como a capacidade de trabalho, eficiência e excelência no atendimento, cujos resultados são latentes. Nós estamos cumprindo nosso papel”.

Fim da revisão
Na terça-feira, 31/10, os municípios de Cascavel, Pindoretama, Russas, Palhano, São Gonçalo do Amarante, Santa Quitéria, Catunda, Hidrolândia, Guaraciaba do Norte, Croatá, Jaguaruana e Itaiçaba encerraram o prazo de revisão biométrica. Os municípios finalizaram o ciclo com atendimento superior ou próximo a 80%, destacando-se Cascavel e Jaguaruana, que atenderam, respectivamente, 888 e 512 eleitores na segunda-feira, 30/10.

Ações
No fim de 2016, o TRE alcançou um total de 62 municípios com 100% de biometria. Ao término de 2018, espera-se atingir o total de 129 municípios revisados, restando 55 para o próximo ciclo incluindo a capital. Para isso, o Tribunal tem investido em treinamentos de servidores para as zonas do interior e de Fortaleza; em postos de atendimento em todos os municípios; em 37 audiências públicas de lançamento da biometria nas Zonas Eleitorais, sendo 19 realizadas pela presidente do TRE, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, na atuação como corregedora, e 18 pelo atual corregedor, desembargador Haroldo Máximo, com a participação de autoridades públicas e a população em geral. Além disso, destaca-se a descentralização de postos em Maranguape, Caucaia e Fortaleza. Outras ações como o atendimento aos sábados, bem como a prorrogação dos períodos revisionais colaboraram para o alcance cada vez maior da biometria.
A possibilidade agendar o atendimento também é destaque. Através do telefone 148 ou pelo site (www.tre-ce.jus.br), o eleitor pode escolher o dia e a hora que deseja ser atendido.

Com informações do TRE/CE
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe