Criminosos que retiraram jovens de Centro de Semiliberdade para executá-los são identificados

Os criminosos que retiraram quatro jovens do Centro de Semiliberdade Mártir Francisca, na Sapiranga, para executá-los, na madrugada desta segunda-feira (13), já foram identificados pela Polícia Civil do Ceará. Entretanto, ninguém foi preso ainda.
A informação foi divulgada pelo Governo do Estado. O governador Camilo Santana e a vice-governadora Izolda Cela se reuniram com responsáveis das secretarias da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e da Justiça e Cidadania (Sejus) e da Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas), na manhã desta segunda (13), para tratar sobre a chacina e decidir os procedimentos para a investigação do caso.
Segundo a Polícia Militar, por volta de 3h, cerca de vinte homens pularam o muro do Centro de Semiliberdade, retiraram seis jovens e assassinaram quatro deles, na Rua Firmo Ananias Cardoso. A identidade das vítimas ainda não foi revelada.
Após a chacina, cerca de 15 internos fugiram da unidade, por volta de 7h desta segunda (13). A PM foi acionada e conseguiu recapturar cerca de 10 fugitivos, nas proximidades.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe