Publicidade

Durante discussão, vereador arremessa copo de vidro no plenário da Câmara de Iguatu

A Sessão da Câmara Municipal de Iguatu, na região Centro-Sul, terminou em briga entre vereadores e até arremesso de copo de vidro na última terça-feira, 14. Registrada pelas câmeras do Legislativo, a briga entre Louro da Barra (PMDB) e Joaquim do Pezão (PDT) começou após acusações mútuas entre os parlamentares e provocou suspensão dos trabalhos.
Nas imagens, Louro da Barra – ligado ao ex-prefeito e deputado estadual Agenor Neto (PMDB) – se defende de acusações de que ele teria recebido ilegalmente do programa Bolsa Família. “Eu posso até ter cadastro. Agora prove, se o senhor for homem, que eu recebi algum dinheiro. Vossa Excelência, que tem ficha mais suja que poleiro de pato”, disse.
Resposta de Joaquim do Pezão foi imediata: “Não sou envolvido com bandido que nem tu não”. Depois da fala, ambos passam a se acusar de crimes e trocam xingamentos como “bandido foragido” e “coitado desesperado”. Nas imagens, Louro da Barra parte em direção do adversário, sendo contido por presentes, e chega a arremessar um copo de vidro contra ele.
O presidente da Câmara de Iguatu, Mário Rodrigues (PDT), ainda tentou acalmar os ânimos, ameaçando derrubar a sessão e apelando para a presença de convidados no plenário da Casa. “Vamos respeitar os convidados aqui, por favor, ninguém tem nada a ver com a vida de ninguém aqui não”, diz, sendo ignorado pelos vereadores.

Confira o vídeo:

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe