Exército nega atrasos em pagamento a pipeiros e analisa reivindicações da categoria

A 10ª Região Militar respondeu, através de nota, que as reivindicações dos pipeiros, que declararam greve na última segunda-feira (6), estão sendo analisadas e serão encaminhadas aos órgãos superiores do Exército Brasileiro e ao Ministério da Integração.
Além disso, a nota nega atrasos nos pagamentos aos pipeiros. Segundo o documento, alguns motoristas não comparecem às organizações militares para a prestação de contas ou não concordam com a prestação, deixando o pagamento pendente.
Na nota, a 10ª Região Militar ainda esclarece que está atribuída de conduzir a Operação Pipa, mas não decide quanto ao “aumento do valor do quilômetro rodado, ou quanto à contratação da empresa prestadora do serviço de monitoramento e rastreamento da entrega da água”. As decisões cabem ao Governo Federal.


Ceará News 7
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe