Levantamento mostra o que dá para comprar pelo mesmo preço do novo iPhone X

Quem quiser comprar o iPhone X no Brasil, terá que se preparar para desembolsar uma boa quantia. Nesta terça-feira (31), a Apple divulgou quanto custará o novo aparelho no país.
Em sua versão de 64 GB de armazenamento, o smartphone custará R$ 6.999. A versão topo de linha, com 256 GB, custará R$ 7.799, ou R$ 7.019,10 se o pagamento for à vista, com 10% de desconto.
A reportagem fez um levantamento e descobriu o que dá para comprar pelo mesmo valor do aparelho. Confira abaixo.

Viagem à Miami e iPhone X
Com R$ 7 mil, é possível ir até Miami, comprar o novo aparelho da Apple por lá e ainda voltar para o Brasil com quase R$ 400 sobrando. Uma passagem de ida e volta para a cidade americana custa a partir de R$ 2.855, saindo no dia 28 de novembro e retornando no dia 29.
O aparelho na versão de 64 GB nos Estados Unidos sai por R$ 3.260 no câmbio atual. Somando a hospedagem, R$ 498 a diária em um hotel três estrelas, a viagem daria R$ 6.613, menos que o iPhone X no Brasil.

Um fusca
Para quem não faz questão do aparelho e gosta de carros antigos, é possível adquirir um Fusca de 1978 com 100 mil km rodados pelo mesmo preço que o celular.

21 cafeteiras Nespresso
Muitos amantes do café sonham com sua própria cafeteira da marca suíça Nespresso. Com R$7.000, é possível fazer 21 viciados em café felizes com uma máquina nova modelo Inissia.

4 geladeiras
Está precisando comprar uma geladeira nova? E na sua família, alguém precisa de um novo refrigerador? Quatro geladeiras de duas portas com função frost free e capacidade de 275 litros custam o mesmo que o aparelho celular.

10 drones
Sabe aquela foto aérea incrível que seu amigo postou nas redes sociais da última viagem dele? Quem abrir mão do iPhone X pode comprar um drone para si e ainda fazer nove amigos e familiares felizes com um aparelho similar.

7 dias no Copacabana Palace
Quem busca glamour pode se hospedar por uma semana no tradicional Copacabana Palace, na orla da praia do Rio de Janeiro, pelo mesmo valor. Os preços levantados são durante a baixa temporada.

Folhapress
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe