Luís Eduardo Girão renuncia à presidência do Fortaleza; Marcelo Paz assume o cargo

Luís Eduardo Girão não é mais presidente do Fortaleza. Na tarde desta segunda (6), o mandatário leonino, em solenidade no Pici, entregou sua carta de renúncia. Marcelo Paz, que era o atual primeiro vice-presidente, passa a ser o novo mandatário do Tricolor de Aço. 
Ao ler a carta de renúncia, Girão tratou o Fortaleza como "amigo de infância" e abordou a realidade financeira do clube em sua chegada. O mandatário do Tricolor revelou ter realizado no clube "aporte financeiro de R$ 5,7 milhões para honrar com os compromissos". Além disso, demonstrou "extrema confiança naqueles que assumem os destinos do clube".
Luis Eduardo também justificou que a saída é motivada pela necessidade de ter uma dedicação integral a sua família. Ele afirmou ainda que carregará para sempre as experiências vivenciadas ao longo desses seis meses à frente do Leão. Por fim, Girão enalteceu a força da torcida do Fortaleza, ressaltou a reta final do acesso, exaltando o apoio da torcida: "carregou o time nos braços".
Em sua primeira fala como o novo presidente do Fortaleza Esporte Clube, Marcelo Paz citou um trecho de música da banda Roupa Nova e utilizou, em seu discurso, frases de efeito como "os únicos que não têm cicatrizes são aqueles que nunca combateram". Ademais, frisou a necessidade de buscar novos parceiros e patrocínios a fim de garantir um ano de 2018 à altura do Tricolor. 
Sobre quem assumirá a Diretoria de Futebol, Paz já definiu seu homem forte do futebol. "Meu foco vai ficar na gestão do clube, fazer dinheiro novo no clube e caminharmos para a sustentabilidade. Dr. Daniel de Paula Pessoa é o escolhido. Ele tem todos os requisitos para assumir esse cargo, conhece o funcionamento do clube, gosta muito de futebol, assiste tudo que é jogo e sempre teve bom relacionamento com jogadores e a gente sabia que ele tinha essa vontade, sempre foi muito leal para que essa hora pudesse chegar e ela chegou. Junto com o Papellin vai fazer um grande trabalho nesse ano do centenário", explicou o novo presidente tricolor. 

Trajetória de Girão 
No começo de junho, o empresário Luís Eduardo Girão foi eleito após sua chapa ser a única elegível. A nova eleição aconteceu em decorrência da renúncia do ex-presidente Jorge Mota, no início de maio, quando o então mandatário anunciou o seu desligamento, assim como a saída dos seus vice-presidentes.
À época, Girão já demonstrava a sobriedade necessária para reorganizar a caótica situação pela qual passava o clube. "O Fortaleza passa por um momento delicado, isso não é novidade para ninguém. A gente vai precisar unir os corações, dar as mãos, porque ninguém faz nada sozinho, pra gente conseguir levar o Fortaleza para onde ele merece", declarou após ser eleito. 
Residindo nos Estados Unidos desde 2015, o agora ex-presidente Luís Eduardo Girão retorna ao território americano para dedicação exclusiva aos seus familiares.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe