Petrobras reajusta preço do gás de cozinha em 4,5% e alta acumulada chega a 54%

A Petrobras anunciou, nesta sexta-feira (3), mais um aumento no preço do gás de cozinha para embalagem de 13 quilos. Agora, o item ficará 4,5% mais caro devido, segundo a estatal, às altas cotações internacionais.
Este é o quinto aumento consecutivo do gás de cozinha desde que a companhia mudou sua política de preços para o gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, no dia 5 de julho. De lá para cá, os aumentos acumulados somam 54%.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe