PF faz operação para afastar três prefeitos baianos suspeitos de dar golpe de mais de R$ 200 milhões

A Polícia Federal (PF) realiza, nesta manhã de terça-feira (7), uma operação para afastar os prefeitos de Porto Seguro, Eunápolis e Santa Cruz Cabrália e cumprir mandados de prisão, busca e apreensão e condução coercitiva – nos quais os suspeitos são obrigados a ir prestar depoimento. A informação é do Portal G1.
As investigações apontam que, com o auxílio de familiares, Claudia Oliveira (PSD), de Porto Seguro, José Robério Batista de Oliveira (PSD), de Eunápolis, e Agnelo Santos (PSD), de Santa Cruz Cabrália, teriam fraudado contratos que somam R$ 200 milhões. Claudia Oliveira e José Robério são casados. O G1 ainda não conseguiu localizar as assessorias das três prefeituras baianas e nem a defesa dos prefeitos.
De acordo com os investigadores, os três prefeitos da zona sul do estado – que além de terem sido afastados dos cargos por ordem da Justiça Federal ainda são alvos de mandados de condução coercitiva – utilizavam, desde 2009, empresas de parentes para simular licitações e desviar dinheiro de contratos públicos.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe