Policia Civil cumpre mandados em secretarias de Acarape e no gabinete do prefeito

A Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Ceará deflagraram, nesta quarta-feira (8), a 2ª fase da Operação Penadinho, que desmanchou um esquema de funcionários fantasmas na Câmara de Acarape que beneficiava nove vereadores do município. Os agentes estão, neste momento, cumprindo mandados de busca e apreensão em duas secretarias e no gabinete do prefeito Franklin Oliveira (PSD).
Os agentes investigam agora cinco vereadores que estariam locados nas secretarias de Educação e Finanças e até no gabinete do prefeito, mas seriam funcionários fantasmas. O esquema beneficia os parlamentares em troca de apoio na Câmara. A operação de hoje é uma continuação da deflagrada na Câmara de Acarape, no dia 31 de outubro de 2017.
Na ocasião, a Polícia Civil encontrou documentos que apontavam que cinco parlamentares eram eles próprios funcionários fantasmas, locados em cargos nas secretarias e no gabinete do prefeito.

Operação Penadinho
O caso veio à tona em 2014, quando um homem tentou renovar o benefício do Bolsa Família e foi impedido por seu nome constar, sem seu consentimento, como assessor do vereador Fernando dos Morenos (PMB) na Câmara de Acarape. O homem acionou a Justiça e pôs em evidência o esquema de funcionários fantasmas no município.

Com colaboração de Zezinho Queiroz
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe