Publicidade

Rompimento entre prefeito e vice acontecerá nos próximos dias na região

Chegando ao fim dos primeiros 11 meses do mandato 2017 a 2020, muitos gestores municipais já protagonizam situações conflitantes no âmbito político, tomando a decisão de rompimento e isolamento na esfera administrativa.
Situação como essa está prestes a eclodir no Executivo de Nova Russas, quando nos próximos dias, o vice-prefeito - e também empresário - Júnior Mano (PMDB) deverá comunicar de forma oficial, o seu rompimento com o grupo do prefeito Rafael Pedrosa (PMN).
De acordo com Júnior Mano - que é pré-candidato a deputado federal nas próximas eleições, a situação é irreversível e um dos motivos para esta decisão é a "falta do poder de decisão do prefeito, onde outras pessoas estariam mandando mais que o próprio gestor", além de outros motivos que deverão vir a público após oficializar o rompimento.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe