Sobral tem a segunda maior taxa de mortes no trânsito do país

A cidade de Sobral, na região Norte do Ceará, ocupa a segunda posição no ranking das cidades brasileiras com mais mortes no trânsito. Segundo levantamento Retrato da Segurança Viária 2017, a cidade cearense registrou 253 mortes e um índice de 125 casos por 100 mil habitantes. Segundo a Prefeitura Municipal, o número ocorre pois os hospitais da cidade recebem vítimas de outras localidades.
Sobral perde apenas para Presidente Dutra, no Maranhão, com 72 mortes em 2015 e uma taxa de 154 mortes a cada 100 mil habitantes. A pesquisa foi contratada pela Ambev, e lista a mistura de álcool ao volante entre os fatores contribuintes dos acidentes de trânsito, assim como excesso de velocidade, falta de capacetes, cinto de segurança e de cadeirinhas automotivas infantis.


Crescem acidentes com motos
O estudo destaca ainda a expansão dos acidentes com motos, que, na última década, passaram a liderar os veículos envolvidos em mortes de trânsito no país. Em 2004, as mortes envolvendo motociclistas ou passageiros de motos representavam 23% dos óbitos em acidentes no Brasil. Em 2015, esse índice saltou para 39%.
Na região Nordeste, essa taxa chega a ser de 53% das mortes, impulsionada pela concentração desse tipo de veículo na região – 44% da frota local.

As informações estão publicadas na Folha de S. Paulo desta quinta-feira (02).
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe