91% das delegacias de Polícia Civil do Ceará atuam com número insuficiente de servidores

O Ministério Público divulgou, nesta segunda-feira (18), relatório sobre a atividade policial no Brasil. De acordo com levantamento feito pelo MP, por meio do Conselho Nacional, 91% das delegacias de Polícia Civil do Estado do Ceará estão com número de servidores insuficiente para o adequado exercício da atividade.
A pesquisa dividida pelas regiões do País é referente ao segundo semestre de 2016. O Ministério informou que, durante este período, foram visitadas 157 das 166 delegacias cadastradas no Ceará. Destas 157, apenas 14 possui número de servidores suficiente.
Também segundo o levantamento, do total de delegacias de Polícia Civil no Ceará, 101 possuem celas de carceragem e custódia. No entanto, apenas 4 delegacias estão com ótimas condições de infraestrutura de celas. 37 foram classificadas como boas, 33 regulares e 27 péssimas.

Servidores
O reconhecimento acerca do baixo efetivo e das necessidades de melhorar a Polícia Civil do Ceará são frequentes por parte do Governo Estadual. Na última sexta-feira (16), o governador Camilo Santana, anunciou a convocação de 730 policiais civis aprovados em concurso público no ano de 2015.
A reportagem entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), mas até a publicação desta matéria não obteve resposta.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget