Cabo Sabino nega acordo com os Ferreira Gomes e vai presidir o PHS no Ceará

“Tenho vergonha na cara. Jamais me aliarei aos Ferreira Gomes. Nem hoje, nem amanhã e nem nunca”. A declaração partiu do deputado federal Cabo Sabino (PR), em entrevista exclusiva ao programa ”Ceará News”, da rede Plus de Rádio FM, na manhã desta terça-feira (26). O parlamentar anunciou, ainda, sua transferência do Partido da República para o Partido Humanista da Solidariedade (PHS).
Sabino desmentiu o boato de que estaria se aliando aos FGs ao se transferir para o PHS. Segundo ele, toda a direção do partido vai ser mudada quando do seu ingresso naquela agremiação partidária.  Nesta quarta-feira (27), uma solenidade acontece na Assembleia Legislativa do Estado para a posse dos novos dirigentes da sigla no Ceará.
“Estamos mudando todo o diretório e serão empossadas pessoas indicadas por mim”, arrematou.  Disse, ainda, que em março, quando da abertura da janela partidária, ele assumirá a presidência do PHS no Ceará. “Vamos dar uma cara nova a este partido. Queremos a presença dele nos 184 Municípios. O PHS não vai ser um partido de aluguel. Será independente e terá a nossa cara. Teremos a bandeira da Segurança Pública, a bandeira da família e da Saúde”.
O deputado revelou que o PHS apoiará o deputado estadual Capitão Wagner caso este se candidate ao cargo de governador do estado. Ele nega ter saído do PR por conta de conflito com Wagner. “De forma nenhuma. Pelo contrário. Minha saída do PR se dá por conta de decisões tomadas em nível nacional”.
Sabino voltou também a desmentir a versão de que numa eventual aliança com o governador Camilo Santana (PT) receberia em troca uma cota de empregos públicos para serem  distribuídos aos seus correligionários.

Ceará News 7
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget