Globo anuncia demissão de William Waack após comentário racista do jornalista

O diretor-geral de jornalismo da Globo, Ali Kamed, anunciou, nesta sexta-feira (22), a demissão do jornalista William Waack, 65, da emissora. O apresentador foi flagrado em vídeo fazendo comentários racistas e foi afastado de suas funções no dia 8 de novembro.
“A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham”, diz o comunicado.
Durante a cobertura das eleições americanas de 2016, Waack afirmou, ao ouvir um veículo buzinar várias vezes na rua, que aquilo era “coisa de preto”. O vídeo foi divulgado pelo ex-operador de VT Diego Rocha Pereira, expondo o comportamento racista do jornalista.
Não foi a primeira vez que William Waack foi notícia pelo seu comportamento inadequado. O jornalista também já trocou alfinetadas ao vivo com a jornalista Cristiane Dias.

Leia o comunicado da Globo
Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais.
Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito.
A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham.
A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração.
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget