Projeto "Tchau, Queridos" elabora lista de deputados que não devem ser reeleitos

O mesmo grupo que deu força aos atos pró-impeachment, o Vem pra Rua, agora, unido com o Ranking dos Políticos, divulga o nome dos políticos que não deve se reeleger em 2018, de acordo com os critérios dos dois grupos. Em alusão ao "tchau, querida", muito usado nos cartazes que pediam a saída da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), foi criado o "Tchau, Queridos". A informação é da Folha de S. Paulo.

O empresário e líder do VPR, Rogerio Chequer, diz que ainda há muitos "queridos" que devem sair da vida política para a evolução do País.

A lista, que começa a ser divulgada nos próximos dias e só terminará perto das próximas eleições. já dá destaque para pelo menos 15 parlamentares. Neste primeiro momento, aparecem deputados do PT, PMDB, PSD e Avante.

Um dos fundadores do Ranking, Alexandre Ostrowiecki, diz que o ranking não tem inclinações ideológicas e é apartidário. Defende, entretanto, a livre iniciativa, propriedade privada e regime de mercado - características inerentes ao liberalismo econômico. O projeto prega ainda o combate à corrupção e a eficiência do serviço público

Os critérios para definir um político como "bom" ou mau" partem do Ranking dos Políticos, que elenca os congressistas a partir da participação nas sessões, dos gastos de verba pública e processos na Justiça.

Para além dos critérios mais objetivos, é levada em consideração a qualidade dos projetos de lei, julgada por conselheiros - que dão notas positivas e negativas - de acordo com o posicionamento do político nas principais votações.

Quem foi, por exemplo, favorável ao impeachment de Dilma recebeu 25 pontos. Já quem votou pelo prosseguimento das ações contra Temer somou 5 na primeira denúncia e 10 na segunda. Os senadores que foram favoráveis à continuidade do afastamento de Aécio Neves (PSDB-MG) ganharam 30 pontos. O voto contrário a reforma Trabalhista rendeu 20 pontos negativos. Entra nos cálculos, também, o fim do foro privilegiado, o projeto das dez medidas contra a corrupção e a criação do novo fundo eleitoral.

Chequer diz que o grupo irá esclarescer as formas de fazer a seleção e, a partir disso, as pessoas irão tirar as próprias conclusões. O "Tchau, Queridos" vai levar em consideração o tempo de atuação no Congresso e se o político pertence a algum grupo político, o que pesará contra o congressista.

Nessa segunda-feira, 4, constava em primeiro lugar no Ranking o deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS) - beneficiado pelo desempenho nas votações, O último era o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), que foi prejudicado pelas ações jurídicas abertas contra ele.

O Povo Online
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget