Publicidade

Tiririca abre o jogo em entrevista: "Como deputado, não fiz nada"

Em entrevista a um canal de televisão na noite deste domingo (3), Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, falou sobre temas polêmicos, como quando tentaram comprar indiretamente seu voto durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff. 
"Ofereceram uma grana para eu votar a favor da Dilma. Grana para você ficar milionário", contou o político.
Ele também afirmou que já recebeu proposta de propinas. "Não vou citar nomes, mas tem político que quer pagar R$ 300 mil só pra chegar lá e dar um depoimento que o cara está brincando para política e tudo mais". 
Tiririca reforçou ainda que está encerrando sua carreira de deputado federal. "Envergonhado de voltar. Eu tô estressado pra caramba. Como deputado, não fiz nada. É muito pouco, eu fui só o mais assíduo, aprovei um projeto. E aí? Eu sou pago para trabalhar. Ser assíduo é uma obrigação". Ele ainda disse que pensou em desistir do seu mandato antes do término, mas a esposa, Nana Magalhães, o acalmou. "Ela disse, 'segura, espera terminar'. É complicado".
A entrevista aconteceu em sua casa em solo cearense, onde o político reside com Nana.  No material, ele ainda relembrou sua trajetória como palhaço.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe