Condenado por morte de casal Richthofen, Daniel Cravinhos sai da prisão

Depois de ter sido condenado a 39 anos pela morte dos pais de Suzane von Richthofen, Daniel Cravinhos deixou a penitenciária em Tremembé, interior de São Paulo, nesta terça-feira (16). Ele agora integra o regime aberto e cumprirá o resto da pena em liberdade. Daniel era namorado de Suzane na época em que o crime foi cometido, em 2002 (ano em que foram presos). 

Em 2006, Cravinhos foi condenado pelo assassinado do casal von Richthofen - junto com o irmão, Christian e Suzane. Chistian teve o regime aberto concedido em agosto do ano passado e a defesa de Suzane já entrou com o pedido para que ela também cumpra o restante da pela em liberdade. 

Daniel estava, desde 2013, em regime semiaberto, onde era agraciado com cinco saídas temporárias por ano. Esse é o caso atual de Suzane von Richthofen. 

Ele cumpriu 16 anos de prisão, tendo sido abatido dois por conta de trabalhos realizados na prisão. A advogada de Daniel, Mônica Silva, confirmou que o cliente deixou a prisão, sem dar maiores detalhes. 

Notícias ao Minuto
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget