Fim de semana sangrento no Ceará com 58 assassinatos. Em janeiro, já são 368 mortos

Cinquenta e oito pessoas foram assassinadas no Ceará em mais um fim de semana sangrento no estado. O balanço, que ainda é parcial, aponta que entre sexta-feira última (19) e o começo da madrugada desta segunda (22), foram contabilizados 23 homicídios na Capital, 17 na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e mais 16 casos no Interior (10 no Sul e 6 no Norte). Com estes registros, sobe para 368 o número de assassinatos em apenas 21 dias de janeiro de 2018.
Em Fortaleza, os 23 assassinatos ocorreram nos seguintes bairros: Sabiaguaba (3 mortos, contabilizando um duplo homicídio), Barra do Ceará, Cristo Redentor, Vila Velha, Alto da Balança, Jangurussu, Antônio Bezerra, Granja Lisboa, Siqueira, Planalto Ayrton Senna, Henrique Jorge, Alto da Balança, Vila Peri, Aerolândia, Serrinha, Conjunto Esperança (policial militar assassinado), Papicu, Praia do Futuro, Centro, José Walter e Vila União.
Na Região Metropolitana de Fortaleza, 19 homicídios ocorreram nos seguintes Municípios: Caucaia (8 casos, incluindo um duplo homicídio), Maranguape 3 casos (um duplo homicídio), Aquiraz (3), Eusébio, Chorozinho, Horizonte e Cascavel (duplo por intervenção policial).

Mortes no Sertão
No Interior Norte, seis pessoas foram assassinadas nos seguintes Municípios: São Benedito, Barroquinha, Itarema, Ipaporanga, Redenção e Ararendá.
No Interior Sul, 10 assassinatos ocorreram nos Municípios a seguir: Juazeiro do Norte (2 casos), Acopiara, Russas, Quiterianópolis, Crato, Icó, Várzea Alegre, Cedro e Jardim.

PM morto
Um sargento reformado da Polícia Militar está entre as 58 pessoas mortas no Ceará no fim de semana passado. Trata-se do primeiro agente da segurança Pública morto no estado em 2018. Tratava-se do sargento da Reserva Remunerada Petronílio Leonardo da Silva Neto, 63 anos de idade. Na tarde de sábado (20), ele foi baleado no Conjunto Esperança e morreu no hospital. Os autores do crime já estão identificados, porém, foragidos.

Múltiplos assassinatos
Três casos de duplos homicídios também foram constatados no fim de semana. O primeiro deles ocorreu  na noite de sexta-feira no Município de Maranguape. O segundo, na noite de sábado no bairro Guajiru, em Caucaia. O terceiro, na noite de domingo em Cascavel, onde dois homens morreram numa troca de tiros com policiais militares.

Mulheres assassinadas
Entre as 58 vítimas dos homicídios figuram quatro mulheres. Duas foram mortas em um apartamento no bairro Guajiru, em Caucaia, sendo identificadas como Maria Laíssa Quintino Moreira, adolescente de 14 anos: e Gleigiane Maria Lopes, 25.  Josivânia Martins foi morta, a tiros, em Aquiraz. A quarta vítima foi a adolescente Marcilene Sousa da Costa, morta a tiro no Distrito de Bitupitá, no Município de Barroquinha (a 380Km de Fortaleza), no litoral Oeste.

Fernando Ribeiro
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget