Fortaleza concentra quase metade dos médicos do Estado

Com 12.470 profissionais atuando pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o Ceará consegue atingir um importante indicador e disponibilizar cerca de 1,39 médico para cada 1.000 habitantes, proporção recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Os dados, referentes a 2016, foram divulgados na quarta-feira (10) pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). A igualdade na distribuição desses profissionais pelo Estado, contudo, continua sendo um gargalo para garantir o acesso da população aos serviços. Do total de médicos, 5.214, ou 41%, trabalham na Capital. Os demais se dividem entre 183 municípios cearenses restantes.
Enquanto Fortaleza apresenta proporção de 2 médicos por 1.000 habitantes, cidades vizinhas, como Caucaia e Maranguape, por exemplo, ficam abaixo da média preconizada pela OMS e possuem 0,81 e 0,90, respectivamente, médicos por 1.000 habitantes. Em outras regiões, municípios como Nova Russas (0,78), Pedra Branca (0,72) e Senador Pompeu (0,83) também não atingem os parâmetros do órgão mundial.
Dados do Conselho Regional de Medicina do Ceará (Cremec) de janeiro deste ano apontam discrepâncias ainda mais acentuadas. Quando analisado o total de médicos registrados no Estado, incluindo aqueles que atuam na rede privada, apenas 3.141 estão lotados no Interior, enquanto 10.028 ficam na cidade de Fortaleza.
As diferenças entre os dois cenários são atribuídas pelo Cremec a fatores que vão desde os vínculos trabalhistas oferecidos a profissionais em municípios de pequeno porte à escassez de condições de trabalho e de qualidade de vida no Interior.

Diário do Nordeste
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget