O principal ponto turístico de Ipu, há anos sofre por falta de investimento

O principal ponto turístico do município de Ipu, há anos sofre por falta de investimento por crimes ambientais  - queimadas -  que já se conhece culpados e pela escassez de água provocada pela forte estiagem que afeta o estado [que não é o principal motivo]. A sociedade cobra das autoridades na revitalização dos equipamentos.
Tanto o prefeito quanto o governador do estado já se comprometerem em refazer o projeto que teve início na gestão municipal de 2009/2012 do ex-prefeito Sábio Pontes. Em recente entrevista o atual prefeito reeleito Sérgio Rufino, reafirmou que o importante é buscar novas alternativas para o desenvolvimento da Bica do Ipu. "O governo do estado busca viabilizar um novo Projeto do Parque da Bica, anteriormente com custos bem abaixo dos R$ 26 milhões anteriores." disse.
Camilo, governador do estado, em março do ano passado, em uma transmissão ao vivo no Facebook reconheceu a Bica como um dos importantes símbolos turístico ambientais do interior do Ceará e se comprometeu em fazer algo. "A nossa pretensão é fazer um obra importante e garantir melhores condições de receber o turista e visitantes na Bica do Ipu" disse Santana na época.

Investimento privado
Se os investimentos públicos estão demorando a chegar ou se perderam na burocracia, ou em supostos desvios a esperança vem do setor público. Investidores de outros países veem o local com bons olhos.
Empresários italianos em 2015 estiveram na cidade levantando estudos para a implantação de um teleférico na Bica do Ipu, um projeto futuro que segundo o governo municipal está em avançado estudos, numa parceria do Governo Municipal, iniciativa privada e Ministério das Cidades.

Criticas 
Em uma matéria recente o site/blog Netcina, do estudante de medicina Luiz Fernando Lopes, fez duras criticas a administração municipal que segundo a postagem em seis anos de administração nada foi feito de investimento. "Já estamos entrando no 6º ano da presente gestão. E se no passado o 'Projeto Parque da Bica de Ipu' avançou 17%, ou 1% ao mês, na presente gestão o avanço foi 0%." escreveu o blogueiro.
Luiz indaga ainda: - Os motivos das obras terem sido paralisadas já não é o foco dos ipuenses. O que a população espera são as explicações dos motivos pelos quais o antigo projeto ou um novo projeto ainda não foi colocado em prática. 

Antigo Projeto da Bica do Ipu
Com valor total de R$ 26.943.141,39, o Parque da Bica do Ipu recebeu verba da Prodetur, em 2010, e tinha prazo de entrega de 18 meses, na gestão do então prefeito Sávio Pontes. Passado o prazo, menos de 15% da obra havia sido entregue e o escândalo, com suposto desvio de mais de R$1 milhão, os recursos foram bloqueados e as obras, paralisadas até hoje. Com o Parque, o município esperava um desenvolvimento no turismo e economia em nível nacional.

Ipu Notícias
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget