Para Temer, mercado financeiro terá 'vida normal' mesmo se Lula for condenado

Em Davos, onde participa do Fórum Econômico Mundial, o presidente Michel Temer afirmou nesta quarta-feira (24) que o mercado financeiro terá “vida normal” diante de uma eventual condenação do ex-presidente Lula no julgamento do recurso apresentado ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Temer discursou em Davos, na Suíça, no mesmo em dia em que a 8ª Turma do TRF-4 analisava o recurso de Lula no caso do tríplex do Guarujá. O petista foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo juiz Sérgio Moro, em decisão de primeira instância.

Temer conversou com jornalistas brasileiros após seu discurso no fórum, que reúne todos os anos lideranças globais em Davos para discussões sobre agenda econômica e de desenvolvimento.

Questionado se uma eventual condenação de Lula poderia resultar em “mercado turbulento”, Temer afirmou que não espera instabilidade. "Não acredito, não, é vida normal", disse.

Às 12h09, o Ibovespa subia 2,28, a 82.519 pontos, acima da máxima histórica intradia, que foi de 81.676 pontos, registrada às 10h desta terça-feira (23).

Temer não mencionou o julgamento de Lula durante seu discurso na Suíça, contudo, citou a atuação do Judiciário ao responder perguntar feita pelo criador do fórum, Klaus Schwab sobre corrupção.

“Veja que o Judiciário julga com toda isenção, com toda tranquilidade, aplicando naturalmente o Direito e, quando há penalidades, as penalidades são cumpridas. Isso dá muita segurança jurídica a quem quer investir no país”, declarou.

Discurso em Davos

O presidente também apresentou no fórum as reformas realizadas em um ano e oito meses de governo, divulgou projetos de concessões e privatizações e garantiu que vai "batalhar dia e noite" atrás dos votos necessários para aprovar a reforma da Previdência no Congresso Nacional.

Temer participa pela primeira vez do fórum em Davos. Depois do discurso, ele seguiu para uma série de reuniões com políticos e executivos. Conforme a agente divulgada pelo Palácio do Planalto, o peemedebista se reúne com o presidente de Angola, João Lourenço, e o primeiro-ministro do Líbano, Saad Hariri.

A relação de CEOs com os quais Temer se encontra ao longo da quarta tem executivos de empresas como Cargill, Shell Global, Ambev, Enel e Coca-Cola. Também há previsão de reunião com o publisher do jornal americano New York Times, Gregg Sulzberger.

À noite, Temer irá a um jantar oferecido pela organização do fórum em sua homenagem. O retorno do presidente ao Brasil está previsto para quinta (25).

G1
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget