Seguro-desemprego: pedidos recuam 27%

O saldo positivo dos últimos resultados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) tem se refletido na diminuição dos pedidos de seguro-desemprego no Ceará. De janeiro a novembro de 2017, foram 24.146 requerimentos do benefício pela Superintendência Regional do Trabalho (SRT-CE). O montante representa uma redução de 27,67% se comparado a igual período do ano passado. Já o número de emissões de carteiras de trabalho foi de 109.026, um aumento de 52% em 2017, comparando com o período de janeiro a novembro do ano anterior.
De acordo com o superintendente da SRT-CE, Fábio Zech, a tendência de queda no pedido de seguro-desemprego e aumento de solicitações de carteira de trabalho apontam para a criação de novos postos de emprego. “A Caged está mostrando uma contratação maior do que demissão”, afirmou.
O gestor informou que são emitidas em média 380 carteiras de trabalho por dia, somando os atendimentos da sede do Centro e das duas unidades dos shoppings. No RioMar Fortaleza, o posto da SRT-CE foi inaugurado em junho de 2017, e o do RioMar Kennedy em setembro do ano passado.

Sem espera
As novas unidades ajudaram a descentralizar o serviço e a agilizar o atendimento ao trabalhador, avalia Fábio. Segundo ele, a demanda do público continuou a mesma, porém, o agendamento, que antes era de 40 dias para se efetivar em auxílio, agora pode ser disponibilizado até para o próprio dia. As carteiras de trabalho, por exemplo, são entregues com até 30 minutos após o atendimento presencial.  
“Fortaleza é a única capital do Brasil que conseguiu zerar a espera dos atendimentos. É gratificante ver o trabalhador sendo atendido nesses locais com conforto. Aquelas filas, que saíam da Superintendência e iam até a Praça da Estação, Centro, às cinco horas da manhã, não existem mais”, detalha o superintendente.

Avaliação
O estudante de Arquitetura da Universidade Federal do Ceará (UFC), Yan Gurgel, 19, procurou a sede da SRT-CE na última quinta-feira, 11, para emitir a primeira carteira de trabalho. Conseguiu agendar atendimento para a semana seguinte, nesta segunda, 15, e aprovou a agilidade do serviço. “Achei fácil e prático. Vim aqui porque é mais próximo a minha residência. O serviço é muito bom e já recebe na hora”, avaliou o universitário.
Jorge Anselmo, 35, foi à sede da SRT-CE para entrar com recurso de recebimento do seguro-desemprego. Quando procurou o serviço pelo Sistema Nacional de Emprego e do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT), constava o recebimento de uma parcela indevida no ano de 2013. “O agendamento foi fácil pela internet”, detalhava enquanto esperava o atendimento no horário previsto.
Já o pedreiro António José, 33, foi tirar a nova carteira de trabalho na SRT-CE. Ele ficou desempregado em dezembro passado e já deu entrada no novo documento, pois o anterior estava com todas as páginas preenchidas.
“O atendimento atrasou dez minutos do horário agendado, mas foi realizado com sucesso em pouco tempo”, explicou enquanto aguardava o novo documento ser emitido.

O POVO Online
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget