Sindipostos reconhece descompasso em preços

Os postos de combustíveis do Ceará ainda não se adaptaram à dinâmica de reajustes quase diários de preços que a Petrobras pratica, e ainda não há previsão de quando esse descompasso entre as mudanças nos valores nas refinarias e nas bombas irá acabar, segundo o presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Ceará (Sindipostos-CE), Manuel Novais Neto. "Nós, varejistas, vamos ter que aprender a trabalhar. Nós estamos aprendendo. Estamos no 'maternal'. Temos só seis meses (desde que a Petrobras implementou a nova política de reajustes)", argumentou o presidente.
Questionado sobre até quando irá perdurar esse período de adaptação, Novais Neto disse que não há como prever. "Nós vamos fazer o seguinte: vou sair daqui e quando eu for para casa vou procurar nos postes a plaquinha da Mãe Dináh (vidente), vou ligar, marcar uma consulta. Se ela me disser, eu lhe digo na hora. Não dá para saber. O mercado vai ter que amadurecer ao nível de ter essa oscilação diária", salientou o presidente do Sindipostos-CE.
Manuel Novais Neto alegou que os clientes muitas vezes não percebem nas bombas as baixas que a Petrobras aplica porque os postos já tem deixado de repassar altas ao consumidor final.
"Os postos não repassaram aos clientes os últimos cinco aumentos da Petrobras, e quando há uma baixa (nas refinarias), aí vocês cobram que a gente baixe imediatamente. Vocês esquecem o que está represado. O problema é esse", argumentou o representante da entidade.
No Ceará, o preço médio do litro da gasolina custa R$ 4,372, sexto maior do País, segundo o mais recente levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Diário do Nordeste
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget