Ceará pode ter 22,7 mil novos casos de câncer em 2018, afirma Inca

Estudo divulgado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), na última sexta-feira (2), estima que o Ceará poderá registrar 22.750 novos casos de câncer em 2018. Conforme os dados, excetuando-se o câncer de pele não melanoma - considerado um tumor menos letal que a média -, os tipos de câncer mais frequentes serão os de próstata (2.730) em homens e mama (2.200) em mulheres.
Além dos tipos citados, completam a lista dos cinco tipos de câncer mais incidentes, independente do sexo: estômago (1.350); traqueia, brônquio e pulmão (1.140); colo do útero (990); cólon e reto (940); e glândula tireóide (610). No Estado, o câncer de pele não melanoma deve ser o mais frequente, com 3.130 dos 22.750 novos casos estimados.
Para chegar aos resultados, o Inca multiplicou a taxa observada de mortalidade da região pela razão entre os valores de incidência e mortalidade da localidade onde existam Registros de Câncer de Base Populacional (RCBP).


Diário do Nordeste
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget