Previdência não será votada na semana que vem, afirma Rodrigo Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta-feira (16) que a intervenção federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro, determinada pelo presidente Michel Temer, impede que a reforma da Previdência seja votada na próxima semana, como estava previsto inicialmente.
O presidente do Congresso, Eunício Oliveira, tem 24 horas para convocar a sessão que analisará o decreto. Com isso, a Câmara e o Senado estarão dedicados a esta questão. Além disso, a Constituição prevê que nenhuma emenda seja analisada durante intervenção federal. "Não é razoável na segunda ou terça aprovar um decreto, e na quarta suspendê-lo [para aprovar a Reforma]. Isso inviabiliza a próxima semana", disse Maia.
Contudo, Maia reforça que não sabe ainda os detalhes do decreto e que, por isso, as possibilidades ainda estão em análise. O decreto está sendo redigido pela Secretaria de Assuntos Jurídicos da Presidência, e deverá ser anunciado às 13 horas desta sexta-feira, pelo presidente Michel Temer, em cerimônia de assinatura pública.
A reunião que decidiu pela intervenção federal foi realizada no Palácio da Alvorada e só terminou à meia-noite. Segundo assessores de Temer, inicialmente estavam presentes o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sergio Etchegoyen, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, e o ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco. Mais tarde, foram chamados os presidentes do Senado, Eunício Oliveira, e da Câmara, Rodrigo Maia. 
Maia era inicialmente contra a intervenção e ficou bastante irritado por ter sido comunicado da decisão do presidente somente quando chegou à reunião, já depois dos demais convidados. "Quando eu fui chamado [à reunião] já tinha um plano montado", afirmou. A ideia é que a ação dure até dezembro.

Jornal do Brasil
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget