Governo federal anuncia R$ 523 milhões para programa de alfabetização

O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), anunciou nesta quarta-feira (28), um investimento de R$ 523 milhões nos próximos dois anos para um programa de alfabetização do governo federal. O anúncio ocorreu em cerimônia no Palácio do Planalto, com o presidente Michel Temer e outros ministros.
Segundo o Ministério da Educação (MEC), os recursos do Mais Alfabetização já estavam previstos no Orçamento de 2018 e serão repassados a escolas de estados e municípios. Neste ano, serão liberados R$ 253 milhões, sendo que R$ 124 milhões de forma imediata para as escolas. A próxima parcela está prevista para o segundo semestre deste ano.
“Estamos assegurando R$ 523 milhões em investimento na alfabetização para os anos de 2018 e 2019. Orçamento garantido para que os municípios possam se planejar focando em qualidade e eficiência, e também agregando a figura do assistente de alfabetização, que vai auxiliar os professores nessa missão extremamente importante”, disse Mendonça.
Em discurso, o ministro defendeu o investimento em alfabetização, área na qual, segundo ele, o desempenho do país é “precário”.
“Infelizmente o desempenho em termos de alfabetização do Brasil é muito precário, distante do que seria razoável”, disse.
Mendonça também anunciou na solenidade o reajuste do repasse feito a estados e municípios referente ao transporte escolar. “Hoje quero dizer que recebemos autorização do presidente da República para reajustar, também em 20%, o valor do transporte escolar”, afirmou.
Em um rápido discurso, Temer reforçou a necessidade de investir na educação e afirmou que o o Brasil pode alcançar níveis de “justiça e bem-estar” de países desenvolvidos.
“O Brasil é um grande país, tem um grande povo, é um povo talentoso, trabalhador, tem recursos naturais extraordinários e pode muito bem atingir o nível de justiça e bem-estar dos países desenvolvidos”, disse.
“Para tudo isso, a chave, entre muitas outras, é uma fundamental: educação para todos e educação de qualidade”, completou.
O presidente destacou o trabalho de Mendonça, que se despede do MEC na próxima semana para disputar as eleições de outubro. Por lei, ministros que pretendem concorrer devem deixar os cargos até 7 de abril. Temer afirmou que foi feita uma “revolução silenciosa” na educação brasileira.

G1
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget