Suspeitos do furto de armas na Delegacia de Nova Russas são presos pela Polícia Civil

Quatro suspeitos de envolvimento com o furto de armas na Delegacia de Polícia Civil de Nova Russas foram presos no último domingo (18). A Polícia Civil conseguiu chegar ao quarteto, com uma minuciosa investigação, cujos resultados foram apresentados hoje durante coletiva de imprensa.
O fato aconteceu quando o guarda municipal Antônio Rogério Duarte Xavier, 33, saiu para almoçar durante o expediente. Rogério é suspeito de ter passado fotos e informações sobre o percurso até o arsenal para um quinto envolvido, que ainda está sendo procurado, este que entrou na delegacia e seguiu até a sala da inspetoria, onde estava o material furtado. Indícios foram encontrados no celular de Rogério, que confessou a participação no crime.
Foram presos também, Renan Farias Rosa, 28, motorista que deu fuga ao autor do furto; Carlos Augusto da Silva, 44, que cedeu moradia ao autor e passou informações sobre a rotina da Delegacia; e Márcio Cruz da Costa, 41, funcionário municipal e vigia do prédio, que foi uma das primeiras pessoas a ter a ideia do furto, inclusive, com a intenção de articular um plano para incriminar outro funcionário.
De acordo com o delegado local, Bruno Rocha, os suspeitos afirmaram que receberiam valores em dinheiro pela participação no delito. “O guarda municipal, Rogério, afirmou que receberia 20 mil reais. Carlos e Renan, cada um receberia 10 mil. Já Márcio negou qualquer envolvimento no furto”, revelou.
O quarteto, que não possui antecedentes criminais, foi autuado em flagrante pelo crime de furto qualificado por arrombamento ou destruição de obstáculo e pelo concurso de pessoas. Agora, os trabalhos policiais estão focados para prender o quinto homem, que se encontra foragido.
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget