Tiroteio dentro da Cadeia Pública de Pentecoste deixa 2 mortos e 9 feridos

A Cadeia Pública de Pentecoste, município da zona norte do Estado, a cerca de 80 km de Fortaleza, registrou um tiroteio na manhã desta quarta-feira (7). Segundo a Polícia Militar da cidade, em torno de 11 presos foram baleados, dos quais dois vieram a óbito. A PM afirmou ainda que nenhum dos feridos deixou a unidade prisional sem vida e todos foram levados a um hospital.
O ocorrido é consequência da briga entre facções, mas os responsáveis pelo local não souberam informar como o tiroteio se iniciou. Ainda segundo a PM, pelo menos três armas de fogo estavam na posse dos presos.
Até a publicação, a Polícia Militar estava com dificuldades de entrar na cadeia com a resistência dos presos.
O caso é semelhante ao da chacina ocorrida na Cadeia Pública de Itapajé no dia 29 de janeiro deste ano, quando uma briga entre internos de facções rivais deixou dez presos mortos e oito feridos. Os detentos possuíam facas e armas de fogo dentro da unidade. 
No dia 16 de fevereiro, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) condenou os atos de violência.

Nota da Sejus
A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) informa dois óbitos na Cadeia Pública de Pentecoste, na manhã desta quarta-feira (7). Os internos iniciaram uma briga entre grupos rivais e deixaram 11 pessoas feridas. Duas delas receberam atendimento, mas faleceram a caminho do hospital. Outros dois internos tiveram ferimentos graves e precisarão ser transferidos para outra cidade, enquanto os demais recebem acompanhamento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e na própria cadeia. As causas do conflito estão sendo apuradas pela Delegacia de Pentecoste.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget