Transferências de detentos e bloqueio de sinal nos presídios teriam motivado ataque à Sejus

Os motivos para o ataque ao prédio da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), em que três membros do Comando Vermelho foram mortos em confronto com patrulhas do BPChoque, teriam acontecido pela possibilidade de que bloqueadores de sinal de celulares sejam instalados nos presídios, e por conta de transferências feitas no Sistema Penitenciário.
As informações são de um policial de uma célula de Inteligência da Secretaria de segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que revelou também que a operação para frustrar o atentado estava montada desde quinta-feira (22). “Havia sido interceptada uma conversa entre um dos atiradores e o criminoso que iria dirigir o veículo.A operação estava montada”, afirmou o policial.
Quatro pessoas participaram da ação. Dois dos mortos foram identificados como Daniel Vanderlei de Freitas Costa e Antônio Elton Lopes Cassiano; o outro ainda não foi identificado. O quarto envolvido segue sendo procurado pela Polícia.

Diário do Nordeste
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget