Conheça estratégias que podem aumentar a restituição do Imposto de Renda

É possível receber de volta do Leão um valor acima do previsto na restituição do Imposto de Renda. Especialistas indicam que, com a estratégia correta, o contribuinte consegue fazer o dinheiro render um pouco mais.
Se o contribuinte começar a pensar no imposto que paga com antecedência, reduzirá as preocupações com erros e possibilitará que se recupere mais dinheiro na restituição, conforme explica o diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil, Welinton Mota.
"É preciso pensar já, para em 2018 aumentar os valores a serem recebidos. Alguns investimentos que podem ser utilizados a favor do contribuinte em relação ao imposto são previdência privada e doações que podem ser abatidas. Mas é importante ter em mente que depois que acabar o ano nada mais pode ser feito. A tão falada cultura do brasileiro de deixar o imposto de renda para última hora tem reflexo em erros que podem levar a malha fina e também a diminuição da restituição".
Dentre as dicas para aumentar a restituição, o especialista indica preencher o rascunho do IR, aplicativo fornecido pela Receita Federal. Além disso, cita a possibilidade de abater plano de previdência privada no modelo PGBL, em um limite de 12% do valor tributável total.

Documentos
Opção sempre lembrada, guardar documentos de despesas médicas, odontológicas, instruções e pensões alimentícias judiciais ajuda a garantir restituição.
Ainda, quem faz doações, pode destinar até 6% do imposto de renda devido para ações benéficas à sociedade.
Por fim, o especialista cita os valores pagos ao INSS, em caso de o contribuinte possuir empregada doméstica, além dos abatimentos das despesas com assistência médica dos dependentes.
O advogado Thyago Bezerra tem uma estratégia que é indicada para quem está mais familiarizado com a declaração. Ele deixa para enviar nas últimas semanas, visando a atualização do valor, que é feita com base na taxa básica de juros do País, a Selic.
"Normalmente, eu recolho os documentos no mês de março, analiso toda a documentação, e até metade de abril, envio a declaração. Como o valor da restituição é atualizado pela Selic, não vejo problemas em ficar nas últimas filas, já que o valor que vou receber virá atualizado por um índice melhor que a poupança", explicou.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget