Governo prevê que salário mínimo passe para R$ 1.002,00 em 2019

O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2019, divulgado nesta quinta-feira, 12, pelo Ministério do Planejamento, prevê que o salário mínimo passe dos atuais R$ 954,00 para R$ 1.002,00 no próximo ano. Com isso, o impacto fiscal do aumento do salário mínimo será de cerca de R$ 16,8 bilhões.
O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, explicou que o impacto do aumento do salário mínimo nas contas do governo é de R$ 350 milhões para R$ 1,00 de reajuste.

Déficit nominal

Com a manutenção de déficits primários até 2021, o governo continuará registrando déficits nominais - após o pagamento de juros da dívida pública - na casa dos R$ 500 bilhões pelos próximos três anos.

Segundo Colnago, a previsão é de um déficit nominal de R$ 490 bilhões no ano que vem, ou 6,5% do PIB.

Em 2020, a previsão é de déficit nominal de R$ 510 bilhões, ou 6,3% do PIB. Já em 2021, a estimativa é que o resultado após o pagamento de juros seja negativo em R$ 522 bilhões, equivalente a 6,03% do PIB.

Agência Estado
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget