Levantamento aponta alta chance de fraude em mil provas do Enem

Análise estatística inédita aponta alta probabilidade de ter havido fraude, de diferentes formas, em ao menos 1.125 provas do Enem, exame nacional que seleciona estudantes para universidades públicas no país.
Essas provas estão dentro de grupos com padrão de respostas tão semelhantes entre si que, estatisticamente, é improvável que não tenha havido algum tipo de cola nesses casos.
Segundo o modelo estatístico desenvolvido pela reportagem, a chance de essas provas serem semelhantes apenas devido ao acaso em uma edição do Enem é de no mínimo 1 em 1.000.
Ou seja, seria necessário repetir o exame mil vezes para que duas provas, sem interferência, fossem tão parecidas como os gabaritos suspeitos.

Resposta
Órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem, o Inep afirmou que trabalha com a Polícia Federal para coibir fraudes, garantindo a "isonomia entre os participantes". O instituto disse que também faz análises estatísticas dos resultados, visando combater fraudes. Quando há suspeitas, os casos são encaminhados à PF, para que prossigam as investigações.
A nota oficial não informou quantos casos foram apontados pelo instituto à polícia. O Inep afirmou apenas que os casos de fraudes já confirmados "são pontuais": 14 no total, sendo um candidato em 2013, em Minas Gerais, e 13 no Maranhão (3 casos em 2015 e 10 em 2016). Segundo o instituto, os casos não comprometem a lisura do exame e a exclusão dos participantes é "providência suficiente".
O órgão afirma que tem aprimorado os sistemas de segurança, como a adoção em 2016 de detectores de metais nos locais de prova e identificação biométrica. No ano passado, foram adotados detectores de ponto eletrônico. "Há outros inquéritos policiais em curso. Caso haja indicação de fraude devidamente formalizada pela autoridade policial, os participantes envolvidos serão eliminados do Enem, sem prejuízo de outras providências", completou o órgão.

Agora SP
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget