Quase metade das cidades do Ceará vivencia emergência em decorrência da seca

O Governo do Ceará prorrogou decreto de emergência e calamidade pública de 48 municípios em decorrência da seca por mais 180 dias. Totalizando 90 cidades cearenses em situação crítica no abastecimento hídrico para consumo humano. As regiões do Sertão Central, Inhamuns e Jaguaribana - que vivenciam seis anos de estiagem severa - são as mais afetadas. Decisão foi publicada nesta segunda-feira, 16, no Diário Oficial do Estado.

A partir do decreto, os municípios ficam credenciados no Formulário de Informações do Desastre (Fide) registrado no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID) para receber recursos do Governo Federal.

Assim, são estabelecidas ações como construção de adutoras, poços profundos e abastecimento garantido por carros-pipa. Decreto é atualizado a cada 180 dias após avaliação para definir se deve ser renovado ou excluído do Fide. Os demais 42 municípios têm determinação vigente até junho deste ano, incluindo a Capital. 

O coordenador estadual da Defesa Civil do Ceará, coronel Cleyton Bezerra, detalha que até então "havia 127 municípios em estado de emergência". Com o abastecimento hídrico resultante da quadra chuvosa, 37 cidades saíram da margem crítica neste último decreto. Até a metade deste mês, o aporte de açudes no Ceará foi o maior dos últimos sete anos. 

No entanto, o cenário ainda é de incertezas. "Se continuar chovendo é possível que a situação seja revogada. Mas não posso deixar as cidades hoje sem a situação de emergência decretada, já que algumas populações rurais ainda dependem dos carros-pipa", explica a importância de manter determinação para estas 48 regiões. 

"Nos últimos seis anos, houve sempre algum decreto vigente por escassez hidríca em todos os anos", lembrou o coronel. “Às vezes, chove em uma localidade e não na outra e, mesmo recebendo o abastecimento, muitas vezes, a água é suja, imprópria para consumo”, destacou.

48 Cidades com decreto renovado:  

Aiuaba, Alto Santo, Antonina do Norte, Aracati, Aracoiaba, Araripe, Arneiroz, Banabuiú, Boa Viagem, Campos Sales, Canindé, Caridade, Cascavel, Catarina, Catunda, Caucaia, Chorozinho, Deputado Irapuan Pinheiro, Iracema, Itatira, Jaguaretama, Jaguaribe, Limoeiro do Norte, Milhã, Miraíma, Mombaça, Monsenhor Tabosa, Morada Nova, Morrinhos, Palhano, Pedra Branca, Pentecoste, Pereiro, Piquet Carneiro, Quixadá, Quixeramobim, Quixeré, Russas, Saboeiro, Santa Quitéria, Santana do Cariri, Sobral, Solonópole,  Tabuleiro do Norte, Tamboril, Tarrafas, Tauá e Viçosa do Ceará.  

42 cidades com decreto vigente até junho deste ano: 

Alcantâras, Amontada, Apuiarés, Aquiraz, Aranrendá, Assaré, Aurora, Baixio, Brejo Santo, Caririaçu, Catarina, Cedro, Chaval, Eusébio, Forquilha, Fortaleza, Horizonte, Ibaretama, Icapuí, Irauçuba, Ipaporanga, Itaitinga, Itapajé, Jaguaribana, Jaguaruana, Madalena, Maracanaú, Maranguape, Missão Velha, Nova Olinda, Pacajus, Parambu, Paramoti, Porteiras, Senador Pompeu, Salitre, Santana do Acaraú, São, Gonçalo do Amarante, São João do Jaguaribe, Umari, Uruoca e Várzea Alegre.

O Povo Online
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget