Ceará volta a registrar fortes chuvas; Sertão Central é o maior destaque

Após apontar fracas precipitações em seus últimos levantamentos, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) voltou a registrar chuvas intensas em algumas regiões do Estado nas últimas 24 horas, principalmente no Sertão Central e Inhamuns. Segundo o órgão, choveu em pelo menos 76 municípios no período das 7h desta quinta-feira (17) às 7h desta sexta-feira (18). 
O principal destaque das últimas 24 horas foi o município de Solonópole, no Sertão Central, onde foi registrado um volume de 75 mm. Em Quixadá, na mesma região, a média observada pela Funceme foi 65 mm. Outra cidade que registrou chuvas consideráveis foi Aratuba, no Maciço de Baturité, onde foi computado um volume de 64.4 mm no período analisado.
Entre as regiões cearenses, a que menos apresentou chuvas nas últimas 24 horas foi o Cariri, onde o maior volume foi de apenas 4 mm, em Santana do Cariri. Mesmo assim, todas as oito áreas do Estado analisadas pela Funceme registraram precipitações. Confira os destaques de cada região:
- Cariri: Santana Do Cariri (4.0 mm)
- Ibiapaba: Groaíras (44.6 mm)
- Jaguaribana: Jaguaretama (59.1 mm)
- Litoral de Fortaleza: Itaitinga (49.0 mm)
- Litoral do Pecém: São Gonçalo Do Amarante (38.0 mm)
- Litoral Norte:Bela Cruz (23.0 mm)
- Maciço De Baturité: Aratuba (64.4 mm)
- Sertão Central e Inhamuns: Solonópole (75.0 mm)

Fortaleza

Na Capital cearense, apesar das fortes chuvas que caíram no início da noite de ontem, a Funceme registrou precipitações de apenas 17.4 mm até o momento. Já na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), choveu consideravelmente nas últimas 24 horas, sendo o principal destaque o município de Itaitinga, onde as precipitações atingiram o volume de 49 mm.
Próximos dias
Para este sábado (19), a expectativa é de nebulosidade variável com chuva em todas as regiões do Ceará. Para o domingo (20), a Funceme também projeta a possibilidade de chuva em todo o Estado.

18 açudes sangrando no CE

O Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) registra 18 açudes sangrando no Estado, sendo cinco na Bacia do Coreaú, quatro na Metropolitana, três na Bacia do Acaraú, três no Litoral e mais um nas bacias do Alto Jaguaribe, Banabuiú e Curu. Mais 30 reservatórios estão com volume superior a 90%.
Apesar disso, dos 155 açudes monitorados pela Cogerh no Estado, 83 permanecem abaixo dos 30%, sendo cinco secos e sete abaixo de 1% da capacidade. O volume total acumulado é de 17,1%.
Diário do Nordeste

Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget