SINDSEP denuncia intimidações a servidores públicos de Santa Quitéria; Confira entrevista

A precariedade dos transportes do município de Santa Quitéria resultou em uma troca de agressões entre dois servidores, num episódio que aconteceu dentro de um setor no Paço Municipal.
A denúncia foi levada ao ar pela presidente do Sindicato dos Servidores Públicos, Germana Aragão, em entrevista ao programa Jornal da 97 (Som Zoom Sat).
Segundo Germana, dois médicos cubanos que atendem as localidades de Saco do Belém e Valparaíso se recusaram a viajar no veículo que os transportam, inclusive, tendo sido comunicado por meio de documento enviado para a Secretaria de Saúde. O carro estava, por exemplo, com o retrovisor quebrado, a trava da porta arrancada, o cinto de segurança amarrado com arame e um dos bancos sustentados por pedaços de madeira.


No Paço Municipal, o motorista deste veículo teria sido repreendido pelo seu superior dentro de um setor, o que teria resultado neste atrito.
Além desta denúncia, Germana citou também intimidações que estão sendo praticadas contra outros servidores, inclusive, com retenções de salários sem justificativa. "Esse sentimento de vingança, de 
perseguição, não é bom para nós seres humanos e é horrível para a administração", desabafou.
A líder sindical considerou ainda ter errado ao votar no atual prefeito, ao criar expectativas de melhorias, mas admitindo a situação estar muito pior para os servidores quiterienses.

Confira na íntegra:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget