Suspeito de atacar o carro-forte em Santa Quitéria é preso

A Polícia Civil do Ceará anunciou na manhã desta quarta (16), a prisão de três pessoas envolvidas em ações criminosas no interior do estado neste mês de maio. Dois são suspeitos de envolvimento a um ataque a banco no município de Piquet Carneiro, enquanto o outro capturado é apontado como participante na explosão do carro-forte, em Santa Quitéria.
As prisões se deram através de uma ação coordenada pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), com apoio do Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).


Os dois homens envolvidos no ataque em Piquet Carneiro, Paulo José Santos Monteiro e Gleison Vasconcelos de Sousa, vulgo 'Cabelinho', foram encontrados com dois fuzis de grosso calibre, incluindo uma AK-47 e um 556, no município de Solonópole.
Já no caso de Santa Quitéria, o suspeito foi identificado como Graciliano Farias Guedes. De sua posse, estava duas espingardas socadeiras. De acordo com o delegado titular da DRF, Ricardo Romagnoli, toda a quadrilha envolvida neste caso já foi identificada.
Os três presos são ligados à mesma facção criminosa, mas a PCCE ainda investiga se há ligação entre as duas quadrilhas.

Graciliano Farias Guedes, Paulo José Santos Monteiro e Gleison Vasconcelos de Sousa, vulgo 'Cabelinho'

Relembre o caso


O ataque aconteceu na manhã desta segunda (07), próximo a ponte do Rio Groaíras, no km 168 da CE-176, entre os municípios de Santa Quitéria e Sobral.
O bando, aproximadamente de 10 homens, interceptou dois veículos, da CORPVS Segurança, mas um conseguiu fugir e avisar a Polícia. Os ocupantes saíram rapidamente e logo em seguida, o carro-forte foi detonado, ficando completamente destruído.
Os assaltantes conseguiram ter acesso ao dinheiro, que estava no cofre do carro-forte e logo em seguida, fugiram em dois carros.

Leia também
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget