Chacina em Quixeramobim deixa quatro pessoas mortas

Três mulheres e um homem foram assassinados a tiros em uma chacina ocorrida na noite de ontem, no Assentamento Irmã Tereza, no bairro Conjunto Esperança, localizado no Município de Quixeramobim, distante 206 Km de Fortaleza.
De acordo com a Polícia Militar (PM), as vítimas estavam em um barraco quando foram surpreendidas e executadas por um grupo de homens armados de pistola. Ao ouvirem o tiroteio, os vizinhos correram. 
Inicialmente, as vítimas identificadas foram: Francisco Neto, 32 anos, Débora Maia, 17, Antonia Dâmila, 25 e Keila, com idade ainda não identificada. Manoel Ferreira, de 52 anos, foi alvejado de raspão e encaminhado ao Hospital Regional Dr. Pontes Neto. Seu estado de saúde é desconhecido.
As três mulheres estava juntas, no banheiro do barraco. No quintal foram encontradas as iniciais “CV”, que fazem menção à facção criminosa carioca Comando Vermelho.
Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ajudam nos trabalhos de investigação juntamente com a Polícia Civil de Quixeramobim. Por volta de 23 horas de ontem, 28, uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foi acionada e já pousou no município na noite de ontem, 28.
A pasta ainda comunicou que equipes do Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Choque (BPChoque) e do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) também foram enviadas ao município para reforçar o policiamento.
Nesta semana, dois homens já haviam sido assassinados em Quixeramobim.

Nota do MST
De acordo com nota do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), o acampamento Irmã Tereza foi uma área ocupada pelo MST há 5 anos. "Mudaram o local do acampamento ano passado a partir de um processo de negociação com o proprietário Luiz Girão e Governo do estado do Ceará. Atualmente, as famílias que residiam no Acampamento Irmã Tereza residem agora nos conjuntos habitacionais Jardim Norte I e Jardim Norte II, outras moram no Acampamento Nova Canudos, próximo ao Hospital Regional".

Com informações do Diário do Nordeste e Quixeramobim Agora
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget