Com cadeias loteadas por facções, número de detentos mortos aumenta 400% no Ceará

O número de detentos assassinados no Sistema Penitenciário cearense já apresenta aumento da ordem de 400 por cento no Ceará neste primeiro semestre de 2018, em comparação ao mesmo período do ano passado. A “guerra” travada entre as facções criminosas tem sido a responsável pelas constantes execuções sumárias de presos nas cadeias públicas, presídios e penitenciárias locais.
Os números estão postados na estatística da  Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), muito embora, não sejam computados pelo órgão como Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs), isto é homicídios.
De acordo com a estatística oficial, entre janeiro e junho do ano passado, seis assassinatos ocorreram dentro do Sistema Penal do Ceará (3 em janeiro, um em abril, um em maio e um em junho). Já em 2018, esse número saltou para 30 (14 em janeiro, um em fevereiro; quatro em março; dois em abril e dois em maio). Em junho, já são sete crimes registrados.
Das sete mortes de presidiários neste mês, três ocorreram em Casas de Privação Provisória da Liberdade (CPPLs) que fazem parte do Complexo Penitenciário de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).  As outras quatro ocorreram em Fortaleza (no Centro Educacional Dom Aloísio Lorscheider) e nas cadeias públicas de Aracati e Crateús, além do mais recente caso (nesta quinta-feira), na Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC).

Fernando Ribeiro
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget