MPCE pede o cancelamento da Exposição Agropecuária de Santa Quitéria

O Ministério Público do Estado do Ceará impetrou uma Ação Civil Pública, na 2ª Vara da Comarca de Santa Quitéria, pedindo o cancelamento da XXVII Exposição Agropecuária, XIII Festival de Quadrilhas Juninas e a 2ª Cavalgada, eventos que serão promovidos pela Prefeitura Municipal até o próximo domingo (01).
Na ação, são citados o prefeito Tomás Figueiredo, os secretários Rinaldo Cavalcante e Gracinha Soares e as empresas Antonio Gustavo Sampaio Barbosa, Thiago Martins Lopes e E.C. Produções LTDA.
Segundo o MPCE, o Município de Santa Quitéria fez licitação para a realização da exposição, custando aos cofres públicos, R$ 479.256,00, ao mesmo tempo em que atrasa três meses de pagamento no transporte escolar, que recentemente, culminou na paralisação de algumas rotas e prejudicando os alunos.
A ação pede que a Prefeitura e as secretarias paralisem imediatamente qualquer atividade de divulgação, a retirada de todos os materiais de divulgação dos eventos e se abster de realizar qualquer repasse de verba pública referente a festa.
O processo pede ainda a intimação da empresa Antonio Gustavo Sampaio Barbosa para não realizar contratos com as bandas e caso já esteja firmado, que seja comunicada da ação judicial; e das demais empresas citadas para se abster de realizar qualquer serviço para o evento.
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget