Em troca de mensagens, Cristiane Brasil chama Fachin de vagabundo

Em uma troca de mensagens de celular, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) chamou o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin de vagabundo. Ela é um dos principais alvos da Operação Registro Espúrio, que investiga o loteamento do Ministério do Trabalho, e ele é o relator da Lava Jato na Corte. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.
De acordo com a reportagem, em 2 de junho a deputada trocou mensagens com o então titular da pasta, Helton Yomura sobre a possibilidade de Fachin ressuscitar o imposto sindical, que foi extinto no ano passado pela reforma trabalhista. “Olha esse vagabundo mostrando para que veio”, escreveu. Minutos depois, chegou a resposta de Yomura: “estamos atentos”.
A conversa aconteceu apenas três dias após a Polícia Federal ter cumprido os primeiros mandados expedidos contra os investigados do ministério. O celular de Cristiane foi apreendido por ordem de Fachin em 12 de junho e as mensagens serviram para a corporação embasar nova etapa da operação em 5 de julho.
Fachin era o relator da ação que questionava a constitucionalidade da mudança na legislação. Ele decidiu, no entanto enviar o caso para análise do plenário do Supremo. O colegiado decidiu pela validade da norma.
A PF considerou a mensagem como grave. ““Registro aqui que a ofensa gratuita proferida contra Vossa Excelência –que é publicamente reconhecido como um dos magistrados mais sérios e competentes deste país– reverbera sobre todo o sistema de persecução penal”, escreveu o delegado Leo Garrido de Salles Meira em documento de 22 de junho, no qual requereu medidas contra vários investigados.
Em nota ao jornal, Cristiane Brasil afirmou que “o vazamento de uma conversa não relacionada com as investigações  extrapola a liberdade de imprensa e a proteção da fonte, aviltando o direito à privacidade e a prerrogativas parlamentares”.
A deputada afirmou ainda que pedirá, na segunda-feira (16), a abertura de investigação para apurar os fatos. Ela questionou ainda a importância da informação e disse que ela apenas “cria uma intriga entre ela e o ministro”.

Metrópoles
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget