Grande Fortaleza já registra 30 ataques de criminosos em apenas quatro dias

Subiu para 16 o número de ônibus incendiados total ou parcialmente desde o início da onda de atentados em Fortaleza e sua Região Metropolitana, fato iniciado na madrugada da última sexta-feira (27).  No quarto dia de atentados, mais três crimes foram praticados, totalizando 30 em quatro dias. Um quartel da Polícia Militar, um conjunto de delegacias da Polícia Civil e um coletivo foram os alvos mais recentes dos bandidos.
Ainda era madrugada de segunda-feira (30), quando criminosos lançaram de dentro de um carro um coquete molotov no estacionamento  do Quartel do Batalhão de Polícia do Meio Ambiente (BPMA), localizado na Avenida Governador Raul Barbosa, bairro Aerolândia, em Fortaleza. O artefato caiu sobre uma viatura (modelo Hilux), mas o fogo foi controlado pelos PMs que estavam na guarda da unidade. Os suspeitos fugiram sem que fossem identificados.
O artefato não explodiu, mas levou sérios riscos aos policiais que ali trabalham, bem como aos presos e as pessoas que aguardavam atendimento nas três DPs. Uma equipe do Esquadrão Anti-Bombas do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), usou um robô para retirar a granada da frente da delegacia e o artefato foi detonado numa área de segurança.
Já no fim da tarde, bandidos incendiaram mais um coletivo. O ataque ocorreu na Rua Pernambuco, ao lado do Campus da Universidade Federal do Ceará/Pici, no bairro Planalto Pici.  O ônibus foi totalmente destruído pelas chamas. Ninguém foi preso.

Balanço
Com os ataques registrados nesta segunda-feira (30), já são 30 atentados praticados por criminosos na Grande Fortaleza desde a última sexta-feira (27).

Fernando Ribeiro
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget