Suspeito de abusar sexualmente de enteada e de neto é preso na zona rural de Itatira

A equipe da delegacia regional da Polícia Civil em Canindé prendeu na tarde desta segunda-feira (9) um homem suspeito de abusos sexuais de uma enteada e também do seu neto, um menino de 6 anos de idade. De acordo com as investigações coordenadas pelo delegado regional Daniel Aragão Mota, os casos ocorreram na localidade de Alegre, na zona rural de Itatira, município vizinho a Canindé.
Os atos de violência sexual chegaram ao conhecimento da Polícia Civil através de denúncia anônima. O suspeito é muito temido pela vizinhança, por ser considerado violento. Todavia, com as investigações o delegado solicitou a prisão preventiva do maníaco à Justiça de Itatira. Com o mandado na mão os policiais realizaram a prisão. Ele nega os crimes. Os resultados dos exames estão sendo aguardados.
Nas investigações a Polícia Civil apurou que o suspeito, de 56 anos, mantinha há muitos anos um relacionamento com uma mulher no que decidiram morar juntos, tendo ela uma filha de outro relacionamento, na época adolescente. Pouco tempo depois o padrasto passou a estuprar a enteada. Ela engravidou dele e teve uma filha, que cresceu e teve um filho com outro homem. Revoltado com o relacionamento extra famiilar  o padrasto passou a molestar sexualmente o menino, seu neto.
A Polícia Civil não revelou mais detalhes acerca do caso para não expor as vítimas. Acrescentou apenas que não se trata do mesmo homem que raptou uma estudante após uma tentativa de assalto a um ônibus escolar e tentou estupra-la, mas foi surpreendido por moradores e fugiu nu. Esse caso aconteceu na noite de 18 de junho passado, na localidade de Cachoeira, também na zona rural de Itatira. Ele continua foragido.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget